“Se outros povos atestaram o progresso, pelas expressões materializadas e transitórias, o Brasil terá a sua expressão imortal na vida do espírito, representando a fonte de um pensamento novo, sem as ideologias da separatividade, e inundando todos os campos das atividades humanas com uma nova luz.”

“As forças das sombras alimentam, muitas vezes, o personalismo e a vaidade dos homens, mesmo daqueles que se encontram reunidos nas tarefas mais sagradas.”

“Jesus transplantou da Palestina para a região do Cruzeiro a árvore magnânima do seu Evangelho, a fim de que os seus rebentos delicados florescessem de novo, frutificando em obras de amor para todas as criaturas.”

“Só o Brasil conseguiu manter-se uno e indivisível na América, entre embates políticos de todos os tempos.”

“Primeiramente, surgiram os índios, que eram os simples de coração; em segundo lugar, chegavam os sedentos da Justiça Divina e, mais tarde, viriam os escravos, como a expressão dos humildes e aflitos, para a formação da alma coletiva de um povo bem-aventurado por sua mansidão e fraternidade.”

“Sabei que todas as aquisições da Filosofia e da Ciência terrestres são flores sem perfume, ou luzes sem calor e sem vida, quando não se tocam das claridades do sentimento.”

“Nos espaços, Ismael e suas falanges procuravam orientar os movimentos republicanos e abolicionistas, com alta serenidade e esclarecida prudência, no propósito de evitar os abomináveis derramamentos de sangue por desvarios fratricidas.”

“A política sofrerá, no curso dos séculos, as alternativas do direito da força e da força do direito, até que o Planeta possa atingir relativa perfeição social, com a cultura generalizada.”

Autor: Humberto de Campos
Médium: Chico Xavier
Livro: Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho

Deixe um comentário